Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

sexta-feira, novembro 18

Arrependimento

É palavrinha que não existe no meu dicionário pessoal.
Sei o que significa, sei quando a devem usar, mas simplesmente não é para ser usada por mim!


Não me interpretem mal, não é ser arrogante, é ser é realista!

Para quê arrepender-me de uma coisa que já está feita? Se já está feito não há volta a dar! Não há cá "oh tempo volta pa trás" porque ele não volta! Ao não me arrepender, posso mostrar uma faceta minha, lá está, arrogante, que só eu tenho razão, que nunca erro... Mas não me sinto assim!

Nos meus míseros 23 anos de existência não há nada, mas nada mesmo de que eu me tenha arrependido e lá está, não vai ser daqui para a frente que isto vai mudar... E não muda porque eu não quero.


Se as atitudes são minhas, apenas tenho que ser mulher suficiente para acarretar as consequências...
E posso dizer que até agora, nem sempre correu tudo bem, mas mais uma vez, não me arrependo de nada do que fiz nem do que disse!

Agora sim, arrependo-me e muito é das coisas que não faço!
Mas em relação a isso... Ainda vou muito a tempo de mudar o fim da história!

E com vocês como é?
Contem-me tudo =)

6 comentários:

Clara disse...

já tive os meus momentos de suspirar aliviada e pensar "se o arrependimento matasse..." mas faz parte. um abraço

Maria disse...

Eu arrependo-me...por exemplo: Tenho mau feitio, e há alturas que estou com pouca paciência e respondo mal à minha mãe ou ao meu pai, ou a quem quer que seja. 5 minutos depois arrependo-me e peço desculpa... Arrependo-me de ter engordado 20 kg na gravidez (epá, estava grávida, podia comer à vontade!).
Mas não passo a vida refém desses arrependimentos...encaro-os como lições.
Prefiro mil vezes arrepender-me do que faço do que arrepender-me de não ter feito (a maior parte das vezes as oportunidades não se repetem).
Bjs

Elaine Figueira disse...

Isso mesmo, quando tinha sua idade, não me arrependia de nada. E hoje aos 50 continuo assim! Olhe sempre para frente, fique sempre forte, somente assim conseguimos ser felizes e ajudar quem realmente precisa.

bjs

Xs disse...

Eu só me arrependo daquilo que não fiz, gostava e podia ter feito!
Do que já fiz, não me arrependo!
Tornei-me naquilo que sou hoje graças a isso!
:)

Dreia disse...

Por aqui também se arrepende do (não) dito e (não) feito! :/

Carla disse...

Há coisas que penso que podia ter feito de maneira diferente, mas há uma em particular que me arrependo, podia ter uma vida muito melhor e até, quem sabe, ser muito mais feliz!
Mas lá está... é passado e para a frente é que é o caminho. Vivo com as consequências dos meua actos e faço os possiveis para aproveitar a vida ao máximo! Afinal, o tempo não volta a trás nem o relógio pára!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...