Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

quinta-feira, junho 27

Das proibições

Faz-me um bocado de confusão quando vejo namoradas/namorados a dizerem que proibiram o parceiro disto ou daquilo.

Ora como se tratam de namorados/as e não de filhos, não me entra na cabeça.

Uma coisa é opinar sobre coisas que nos deixam desconfortáveis ou que nos fazem confusão, outra completamente diferente é dizerem: eu disse-lhe que estava proibido de fazer isso!


Ora porra, mas não somos todos adultos?

Eu estou mesmo a imaginar, e a título de exemplo, o namorado a dizer que me proibia de usar tops/mini saias. É que era meio caminho andado para eu ir lá e fazer pior.

Uma coisa era dizer: não uses tops tão decotados ou não uses tops tão transparentes (não uso nenhum dos dois, calma) outra coisa é dizer estás proibida de usar tops!

Lembro-me de um casal amigo em que ele não deixava a namorada usar tops. Ela era fresca é verdade e tanta proíbição, deu no que deu.

Lembro-me de um casal em que ela tinha literalmente proibido o namorado de beber. Nem uma cerveja. Nem um copo de vinho.
Quase que ia acabando o casamento porque ele bebeu....... uma mini!

Tipo, a sério?
Não estão a exagerar, sei lá, um bocadito?

Este último casal,ela chegou-me a perguntar se eu deixava o meu namorado beber. Fiquei parva com a pergunta.
Desculpa? Se deixo? Mas eu sou mãe dele ou quê?
Ele quer beber que beba, até parece que é algum alcoolico em recupeção!
Ele pode beber à vontade, desde que não vá conduzir. Mas ele sabe isso. Proibir? Estás doida.
Até contei ao namorado e ele ficou parvo com tal pergunta da parte da rapariga.

Ora que o namorado é isso mesmo, namorado, e não é meu filho e mais, eu não mando nele nem o proibo de nada.

Posso opinar sobre uma coisa ou outra que gostaria que ele não fizesse (tipo sair à noite sem mim) mas nunca o proibi de tal coisa.

Em relação a ele beber é a mesma coisa. Ele pode beber à vontade uma cerveja se lhe apetecer, como pode apanhar uma cardina num dia de festa. São coisa esporádicas e que não matam ninguém mas ao que me parece, na cabeça de algumas personagens, faz muita confusão eu "permitir" tal coisa.

Gente doida

12 comentários:

Noa disse...

Acho ridículo!

Karina Alves disse...

Nunca proibi o meu namorado de nada… Apenas (no inicio) ficava cheia de ciúmes, e não gostava de certas coisas.
O que aprendi ao longo destes 4 anos de namoro, é que a base para uma relação boa é o diálogo, e a confiança! Sem isso, nem vale a pena continuar.
Também tenho um caso na família, em que ele proibiu literalmente a namorada de andar com roupas mais provocantes e justas. L0L Só o meu, quer que eu ande assim.
O que eu mais gosto nele é isso mesmo. Confiar 100% em mim. :)

Um beijinhooo*

Paula Nogueira Guerra disse...

Isso é de gente controladora e sem mais nada que fazer... e até num filho o que se proibe é tudo aquilo que sabemos que lhes faz mal( até certo ponto) pois quando são adultos vão fazer o que nós (mães) iremos achar que não deveriam de fazer.
Sempre se disse que o ofruto proibido é o mais desejado por isso... proibe-se e depois só dá em porcaria mesmo. Isso jamais se deve fazer!

Beijo doce xxx

ádescávir disse...

Possa, há casais mesmo complicados. Nunca proibi nada e nunca ninguém me proibiu. E se proibisse ia de carrinho. :P

Opinante disse...

Como em tudo, é preciso moderação!

PINTA ROXA disse...

Já passei por isso quando era casada e é como tudo, só que passa por elas sabe como é.
Hoje em dia uma coisa dessas nunca me aconteceria, caia a barraca logo a seguir..
Não o faço nem permito que o façam comigo, uma coisa é dizer: oh pá não gosto muito. outra é dizer, - não o fazes...
jocas

disse...

Há pessoas verdadeiramente exageradas... se o meu namorado me proibisse de alguma coisa eu só dizia: Como?!?! :P

Karina sem acento disse...

Concordo contigo em tudo! Era agora eu que havia de proibir ou mandar no marido. E ai dele que alguma vez tentasse fazer isso. Aliás, já o fez, na brincadeira, e eu não achei piada nenhuma, acabei por fazer ainda pior. A partir desse momento, nem a brincar!

XL disse...

Já tentei proibir a Xs de tanta coisa... mas nunca resulta

Ana disse...

Essa da mini, muito me ri com o meu marido :D

Aqui ninguém manda em ninguém, excepto, ficou ponte assente, que se ele quisesse virar fumador que pensasse bem nas suas prioridades. Por muito que o amasse jamais conseguiria viver com um fumador, é sacrifício que não faço.
Tenho tios no Algarve Lagos e Faro que me convidam todos os anos para ir lá e eu só lá fui 3 vezes. A hora de estar em casa ou na esplanada parece uma eternidade, não aguento o cheiro, sou muito sensível aos cheiros e adoro perfumes, amaciador de roupa, que não combina nem com a pele, nem com a minha roupa a cheirar a fumo.
Manias.
Não sou controladora, mas ele tb não gosta, apenas experimentou, por isso ficamos todos a ganhar, na saúde e na carteira ;)

Bjs

Bjs

Xs disse...

Eu bem tento proibir o XL de comer gorduras, mas ele não me respeita e enfarda na mesma!

Aislin disse...

Quando estava na faculdade a fazer a licenciatura fui passar um fim de semana com os meus colegas por alturas do Natal. Nessa época tinha um namorado de longa data... (5 ou 6 anos) e a pergunta que me fizeram foi: E o teu namorado deixa??
Imagina a minha cara!!
"como?? se ele me deixa? porque haveria ele de me proibir?"
Credo! Mentes retrogadas!!

"se fosse a minha namorada eu não deixava sequer jantar!" mãezinha do céu!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...