Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

terça-feira, janeiro 19

Da ida ao médico

Na Quinta-feira passada como vos disse lá fui eu ao endócrinologista.

Saí do trabalho à hora de almoço, vim almoçar a casa depois de uma valente molha, apanhei outra valente molha e lá cheguei ao hospital -.-

Então é assim:

Não tenho "nada" para além de uma tiróide inflamada.
Não há nódulos, não há nada a falhar até à data. A única coisa que falha de momento é mesmo a cabeça da minha médica, que cada vez que me liga quase que me diz que estou a morrer... aff!


Mas calma...

Por agora está tudo +/- bem, tirando a tal inflamação.
Mas de hoje para amanhã, a inflamação pode virar outra coisa e a tiróide deixar de funcionar.

Ele não falou em operação, mas falou em comprimidos, claro.

Mas pode ser uma coisa de amanhã piore, como daqui a um mês, um ano, 20 anos ou 30 como posso nunca vir a passar disto e morrer velhota com 100 anos e com a tiróide inflamada.

Mas, se as coisas piorarem, do género eu começar a sentir-me pior, a tiróide ganhar contornos estranhos e etc, convém ir logo ao hospital.

Se ganhar nódulos estranho ou ela começar a ter uma forma estranha, preciso de fazer uma biopsia pois pode ser cancro.

Mas nada de alarmes!

Estou bem e um dia de cada vez. Literalmente, que eles continuam a custar a passar -.-

Também esclareci +/- que os meus ataques nada têm a haver com a tiróide. Até podiam ter a haver mas se ela não estivesse a funcionar. Como está, nada feito.

Isto é uma coisa que só lá deve ir ao sítio com um psiquiatra e anti-depressivos.
Não me apetece anti-depressivos mas tenho mesmo que pensar no assunto.



O médico disse para esquecer, porque os ataques não são controláveis. Dão e pronto e nada posso fazer.

Em qualquer altura, em qualquer sítio posso ter um ataque.
Agora é não ter é medo de fazer as coisas e não fechar-me em casa com medo disto ou daquilo ou que possa ter um ataque e "ai Deus que vergonha".

Em modo de conclusão, em relação à tiróide, vou ser controlada anualmente, já tenho consulta e exames especiais marcados para o fim deste ano, sim no fim deste ano, Novembro e Dezembro e como são mais específicos, depois dessas datas logo saberei mais.

Em relação aos ataques, por agora mantenho-me assim. Ainda tenho calmantes e sim, os comprimidos que tomo são calmantes, descobri agora, e até os ter e conseguir aguentar-me com eles, vou pensando se vou ao psiquiatra, se tomo os anti-depressivos se o que faço.

Prontinho, vou-vos manter a par das novidades lá mais para a frente.


7 comentários:

Inês Direito disse...

Bem pelo menos a questão da tiróide já está esclarecida. Agora é fazer o tratamento e tudo correrá bem tenho a certeza. Quanto aos teus ataques se achas que te sentirias melhor ao consultar um psicólogo acho que o deverias fazer. A ajuda de um profissional poderá ser bastante benéfica no teu caso.
beijinhos e força
http://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

Isa Sá disse...

Vai tudo correr bem!

Isabel Sá
http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

Maria do Mundo disse...

As pessoas têm alguma relutância em relação aos anti depressivos. Mas há quem os tome, como é o meu caso, por causas fisiológicas, como é o déficit de produção de serotonina. Não sou mais nem menos normal por isso. Quando é preciso, é preciso.

ádescávir disse...

Disto havemos de falar quando estivermos juntas ;)

S disse...

Boa sorte, e se for preciso toma mesmo os anti depressivos depois vais vendo como sentes :)
Já experimentaste fazer yoga ou algum passatempo que te acalme, ás vezes ajuda muito!
Bj S

Pérola disse...

Recomendo um psicólogo bom, daqueles que nos mudam a cabeça. Porque está tudo no nosso pensamento.

Beijos e vou mantendo-me a par.

Se começas a tomar anti-depressivos, vai ser para a vida toda.

É o que se passa à minha volta, mas há coisas bem piores.

Cuida-te, minha menina, ok?

Gelatina de morango disse...

Vai ficar tudo bem:)!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...