Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

quarta-feira, janeiro 22

Desanimo

Sim, sim, sim, lá venho eu queixar-me =P

Ora bem, ontem no trabalho tive a minha 1ª "reprimenda".
Nada de mais mas achei a coisa mais injusta que podia ter acontecido.
Principalmente por a culpa não foi minha. Eu sou para lá de organizada e por isso, a desorganização dos outros é que fez isto.
E para já, não admito gritos de ninguém.
Penso que as pessoas hoje em dia, principalmente chefes e patrões, não sabem falar. Tudo é feito aos gritos e sinceramente, não há paciência.



Depois, e já falando pessoalmente, exigirem que me responsabilize por merdas que acontecem, sendo eu uma simples estagiária, acho inadmissível.
Como já vos disse, a probabilidade de lá ficar depois do estágio, é pouca ou nenhuma... Porque sai-lhes mais barato meter pessoal a estagiar com o Estado a pagar. E eu estou ali para aprender.
Há superiores, e muitos, e eles sim, ganham bem e eles sim, têm que se responsabilizar pelas coisas.

Eu desta vez calei-me, pois fui apanhada de surpresa, mas não haverá próxima. Claro que vou evitar ao máximo dar erros, mas repito, ando a aprender. Não faz ainda 2 meses que lá estou...

Mas desanimou-me bastante.
E foi um abre olhos, para realmente continuar a procurar algo melhor. Já estou cansada de procurar algo melhor, queria de uma vez por todas algo bom e fixo!

Já viram que com esta palhaçada também, nada posso fazer em relação à minha vida pessoal? Que acabo o estágio quase com 27 anos e volto ao desemprego?

E isto consome-me!
E estas situações, que não deve ser a única, também me consomem.
Porque estou ali a ganhar uma miséria e estou a fazer um trabalho da treta e gritam comigo por algo em que a culpa nem foi minha.



9 comentários:

Livia Barbosa disse...

Olá! te convido a conhecer meu cantinho, nele estou contando como estou tentando atingir meu que é o de engordar com saúde:
http://blogqueroengordar.blogspot.com.br/
Beijos!

Sara Rocha disse...

As injustiças estão cada mais mais presentes nas empresas... infelizmente!

PINTA ROXA disse...

Quem está acima de nós realmente deveria estar para resolver os prob. mas infelizmente não é assim, é sempre o mais pequeno que leva com as culpas de tudo, e alem de que só não erra quem nada faz.
Por aqui é igual não penses..
Beijinhos

Tal mãe, tal filha disse...

O mundo do trabalho é assim mesmo, ingrato e injusto! E acredito que tenha piorado bastante porque grande parte das pessoas só consegue trabalho temporário, e infelizmente vivemos com medo e há quem se aproveite disso.
Tenta encarar da melhor maneira e seguir em frente, mas sempre com 'um pé atrás' porque agora já sabes com o que podes contar.

Beijos/ A Mãe

CM disse...

Disseste uma coisa que é completamente verdade, em quase todos os empregos, infelizmente. As chefias não sabem chefiar. Não têm formação para isso, na maioria dos casos. É um problema grande, que não parece preocupar ninguém.

Fazes muito bem em impor-te! Como dizes, e bem, estás a aprender. Quem ganha os milhões que assuma as responsabilidades.

FORÇA!

Opinante disse...

Não está fácil... Forcinha!

Mira disse...

Paciência Claudia, infelizmente
hoje as pessoas não respeitam o trabalho dos outros, força amiga

conteudovazio disse...

Opá!
Esses tipos mais tarde ou mais cedo acabarão por ver a bolha rebentar para o lado deles!

Numa das escolas onde dou aulas o meu nome veio à baila e eu nem estava presente para me justificar...

Ouvi dizer que vinham falar comigo. Passou uma semana e nada ainda!

LOL

É conseguir fazer orelhas moucas e continuar para a frente, o importante é saber que estamos a fazer o melhor que podemos!

Beijinhos Claúdia Maria!! =)

Portuguesinha disse...

Mais curiosidade me despertaste agora. Para saber o que fazes - sem denunciar muita a coisa, claro.

Olha, isso deve ser o dia a dia dos estagiários e até dos novos empregados! Relatas algo com que muitos se identificam, decerto. Prepara-te porque (e dependendo da área) vais deparar-te muito com este estado de coisas aqui em portugal.

Normalmente o estagiário ou o novo empregado entra cheio de energia, cheio de vontade de trabalhar, de dar o seu melhor, e por vezes depara-se com um ambiente de trabalho de pessoas desmotivadas e até irresponsáveis que não cumprem devidamente a sua parte.

Eu passei pelo mesmo como estagiária e como empregada a recibo VERDE - que é para entenderes melhor. Digo-te com sinceridade, que aos 27 ainda me choca que essa seja a realidade de alguns. Quer dizer que o mercado de trabalho não evoluiu NADA em 10 anos! Continua a mesma exploração, vive e respira do dinheiro do estado e da mão de obra qualificada, barata ou gratuita que é o cérebro "jovem" saído das universidades. Já no "meu tempo" existia quem falasse mal dos estágios e eu também partilhava dessa visão de exploração, que retira oportunidades de emprego reais e só tem abertura para os jovens recém-licenciados, "cuspindo" depois os mesmos quando ficam obsoletos para os substituir novamente por outra fornalha recém-licenciada. É uma prática muito semelhante a um «cancro» social. E pelos vistos NADA é feito para melhorar esta que é uma situação da estrutura básica da economia e da sociedade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...