Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

terça-feira, fevereiro 23

Cada um deita-se na cama que faz

Eu não sei se vos disse mas a minha irmã foi viver para o Porto. Com o namorado e a mãe dele.

Basicamente fez tudo às escondidas, até o facto de andar a procurar trabalho lá.

Antes de ir, chorava todos os dias e já ninguém a aturava. A meu ver, metade era fita.
Faz-me confusão uma rapariga tão nova viver ainda tão iludida com a vida.

Ofendeu-me, ofendeu toda a gente mas lá fez o que quis.

Mas ela tomou a sua decisão, virando costas a tudo e todos, mentindo, escondendo pormenores muito importantes, pois caso alguém para além de mim os saiba, ela ou vinha imediatamente para casa, ou acabava-se a pena para com a menina.

Mas não. Todos pensam outras coisas bem diferentes do que é a realidade.
Mas nada tenho a haver com isso. Cada um sabe de si.



Mas isto tudo para dizer que realmente as coisas não são como eram.
É estranho estar com ela, quando estou. E as atitudes que ela toma, só me fazem irritar mais, tanto com ela, como com o namorado, que não me parece de todo estar a ser uma grande influência.

...

A mana, no tal dia em que o namorado teve um treino perto de minha casa, decidiu cancelar tudo à última da hora para ir com a minha mãe às compras.

Não levaria a mal se:

- Não estivesse já tudo combinado;
- A minha mãe fosse sozinha;
- Ela estivesse cá em casa

Mas levei a mal. Lá está, foi um fim-de-semana em que veio a casa, já não a vejo desde o Natal e enfim, ela preferiu ir às compras.

No meio do arrufo, pequenas grandes bocas e directas foram mandadas.

Eu não acho normal ela vir do Porto para cá com o namorado e mesmo assim ter que ficar de Sexta para Sábado em casa dele, em vez de vir logo para nossa. Ela acha normal e aliás deu a desculpa que era por causa do cão. Até a porra do cão é mais importante que eu ou a família.

Depois acusou-me de eu não ficar em casa e ir ter com o namorado, ao saber que ela vinha cá. Arre porra, ela cagou para tudo e todos, mentiu a toda a gente e faz da vida dela o que quer.
Eu, só porque a menina veio cá, ia deixar de estar com o meu namorado que só vejo ao fim-de-semana, por causa de um capricho dela.

Na, na....

Ninguém sabe que vida ela leva lá, nem eu, mas também admito que já me interessou mais.
Estou cansada da infantilidade dela, pensando eu também feita parva que ela ia crescer ao sair de casa e começar a trabalhar. Erro meu.

Mas está mesmo muito enganada, se acha que eu também vou deixar de fazer a minha vida ou de estar até se for preciso com amigos, só por causa dela.

Mais uma vez, ela virou costas a todos, cagou bem para tudo e foi "ser feliz".

Continuo a querer muito por um lado que ela bata com a cabeça.
Ela acha tudo cor-de-rosa demais e uma pequena pancada com a cabeça ia fazê-la talvez ver que as coisas não são assim.


6 comentários:

Isa Sá disse...

A vida não é fácil...que tudo lhe corra bem...

Isabel Sá
http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

ádescávir disse...

Eu espero estar errada, mas ela agarrou-se tanto a ele que mesmo que as coisas corram mal, ela vai aguentar e vai fazê-lo aguentar também. =(

Chic' Ana disse...

E porque não te sentas com ela e têm uma conversa franca? Pode ser que a consigas levar á razão!

Zulmira Romariz disse...

É assim Claudia, não se conhece ninguém, beijo

Minnie Me disse...

Meu deus... Nem sei o que te diga.
Isso é realmente um grande problema familiar... Mas já agora, que idade tem a tua irmã e o namorado dela? E porque raio estão a viver com a "sogra" dela?
Beijinho*

Catarina disse...

É sempre assim, as pessoas são muito egoístas, querem que nós alteremos a nossa vida mas não mexem uma palha para estar connosco, nós é que temos de lhes lamber os pés, não dês importância que tudo passa, a vida ensina muita coisa...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...