terça-feira, setembro 12

E agora?

Eu sei, eu sei, mais do mesmo.

Mas a sério, preciso da vossa ajuda.
Muitas meninas/os que aqui passam já não são "meninas/os" e sim mulheres/homens mais experientes. Ou mais calmas/os. Ou qualquer coisa melhor que eu. Que pelos vistos eu sozinha não chego lá.


Mais uma vez venho falar do trabalho.
Como podem ver, parece que vamos voltar à sega rega do "preciso de trabalho", "preciso de encontrar trabalho", "preciso de arranjar algo melhor", "não estou bem aqui", blá blá blá...

Mau ambiente há em todo o lado. Já sei.
Quando são maioritariamente mulheres então ainda pior.

Mas num mau ambiente, o que é "aceitável"?
Até quando é aceitável?
E como se aguenta?
Como se ignora?
Como se vai com um sorriso e sem vontade de chorar?
Como se ganha motivação?



Pior, a juntar ao mau ambiente que do nada apareceu e todos me querem ver pelas costas, como se ganha motivação sabendo que nunca vão deixar de ser "escriturárias"?
Mesmo com o curso, mesmo o ordenado indo aumentado mas já sabendo que em 25 anos, estarei a ganhar não mais que 950€. E o trabalho aumenta sempre cada vez mais.
Sim, é óptimo nos dias que correm, ou não, mas como se aguenta?

Pensar na casa? Pensar na vida nova? Pensar no marido que depois não aguenta sustentar tudo sozinho?

Agarrar e mais uma vez desistir de encontrar algo com o curso e dedicar-me, por exemplo, a limpar escadas? Afinal só preciso de trabalhar e ganhar dinheiro, agora o como...

A sério, eu admito que não tenho um feitio fácil. Mas eu não consigo ser falsa ou andar a baixar as calças.
É isso que temos que fazer? Engolir sapos? Baixar as calças? Porque afinal de contas e infelizmente precisamos de trabalhar.

Até quando é aceitável isto tudo?
Ir com comprimidos no bucho diariamente?

Mais uma vez, eu sei que sair dali e ir para outro emprego, provavelmente vai ser mais do mesmo... E eu vou passar a vida a saltitar?

Já desisti de tentar ter "carreira"... Vou tentar ter um percurso profissional o melhor e mais correcto possível, tentando sempre alcançar mais e melhor... Mas é bom sequer passar a vida a saltitar?

Entendem onde quero chegar?

É desesperante esta situação!


8 comentários:

Karina Pink disse...

Boa segunda feira flor!
bjs
http://www.pinkbelezura.com/

Isa Sá disse...

Não é uma situação fácil....


Isabel Sá
Brilhos da Moda

Inês Direito disse...

Já tive numa situação parecida e sair de lá foi a melhor decisão que tomei! Como tu dizes, e visto as tuas responsabilidades, no teu lugar não deixaria o trabalho sem arranjar outra coisa. Até lá é mesmo ter força, paciência, engolir alguns sapos gordos e mandar tudo para trás das costas! Pensa nas coisas positivas!
beijinhos
https://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

Cantinho da Gaiata disse...

Pois, Cláudia como eu te compreendo.
Engolir muitos sapos, muitas lágrimas rolando, mas com a força interior conseguimos ultrapassar, desliga mesmo, senão quem sofre és tu.
Já pensaste que é isso mesmo que querem ? mas não o que tu queres?
Respira fundo, também estás numa fase em que os nervos estão muito à flor da pele.
Beijinho grande e força.

Encosta do Sol Artesanato disse...

Se mostrares que não ligas nada, verás que as tuas colegas deixarão de te complicar a vida. Finge que não estás nem ai, que não percebes o que se passa e levarás a melhor sobre as invejosas. Já passei por algo parecido, e lixo já foi embora e eu permaneci, mas serviu de lição o melhor começou a ficar só para mim.

o ultimo fecha a porta disse...

quem muda deus ajuda.
Não sabes se vai ser mais do mesmo, mas pior não deve ser... tens que ser otimista.
Além de que antes de aceitares alguma propsota podes sempre procurar referências dessa empresa.
Não vejo qual o problema de saltitar até encontrares algo que te realizes.
Acho que devias perder o medo e a aversão à mudança :)

Alexandra Soares disse...

Eu sou da opinião que não devemos rebaixar-nos a quem nos deu emprego. Há que nos respeitarem! Espero que consigas dar a volta a essa situação!

Marisa disse...

Pensa assim "Vou estar 15 dias sem ver estas gajas e elas vão estar roídas de inveja todo esse tempo" depois, quando voltares, escolhes as fotos mais giras do casório e da lua-de-mel e.... não lhes mostras nada, afinal, não tens que ser amiga delas, são pura e simplesmente tuas colegas de trabalho. Não dês mais espaço para intimidades/confianças porque depois estás feia e ainda te perguntam a cor das cuecas...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...