Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

quinta-feira, junho 19

Inacreditável

Acreditam que faz hoje uma semana que vi a minha avó pela última vez, já no cemitério?
Precisamente a esta hora?
Acreditam que já fez uma semana e dois dias que ela faleceu e que a vi pela última vez viva?

Admito, nem quero acreditar.

Sinto ainda como se a fosse ver. Não sei explicar.
Não me julguem "maluca", mas é como se ela tivesse ido de férias e a qualquer momento chega.
Eu não estou em negação, sei o que se passou e tenho noção da realidade mas sei lá, parece que o que sinto é isso mesmo.

Ainda ando muito triste mas já vou fazendo a minha vida.
Todos dias vou a casa dela, ver do meu avô.

Não há quase fotos dela lá em casa, só nossas, mas mesmo assim...

Mas a dor está-se a tornar mais suportável mas não sei, agora vêm as saudades e isso vi ser tão difícil de lidar =S

Mas sempre que tenho que falar no assunto, a voz estremece e as lágrimas teimam em cair.
Ainda há muita gente que não sabe, uns vão passando a palavra, o que nos vão poupando também estar sempre a falar do mesmo...

A ver vamos como corre isto tudo.

7 comentários:

Maria disse...

Minha querida, lamento muito a perda...tenho andado ausente e não percebi senão agora! Um abraço forte!
Maria

Isy disse...

Oh querida, os meus sentimentos, espero que o tempo alivie a tua dor!

Bjxxx

ádescávir disse...

Já? Possa... O tempo passa mesmo depressa. A R. disse que ainda há pastéis aí em casa!! Manda-os para cá antes que ganhem mofo pah!! :D

A Loira disse...

Um beijinho e aquele abraço.

As vezes tenho mau feitio disse...

Querida claudia, já cá tinha passado, so não comentei porque é um assunto que me provoca tanta dor...
Se tao bem o que estas a sentir...infelizmente a duplicar...
Em janeiro perdi o meu avo materno...o avo que eu adorava...ainda hoje 5 meses depois, não consigo falar nele sem chorar...mas a vida +e traiçoeira e um mes depois levou a minha avó paterna...um mes!! ainda nao me tinha levantado, para voltar a cair...
Por isso, e porque sei tão, mas tão bem o que sentes, te deixo um abraço bem apertadinho e um enorme beijinho...

As vezes tenho mau feitio disse...

Querida claudia, já cá tinha passado, so não comentei porque é um assunto que me provoca tanta dor...
Se tao bem o que estas a sentir...infelizmente a duplicar...
Em janeiro perdi o meu avo materno...o avo que eu adorava...ainda hoje 5 meses depois, não consigo falar nele sem chorar...mas a vida +e traiçoeira e um mes depois levou a minha avó paterna...um mes!! ainda nao me tinha levantado, para voltar a cair...
Por isso, e porque sei tão, mas tão bem o que sentes, te deixo um abraço bem apertadinho e um enorme beijinho...

Tal mãe, tal filha disse...

A nossa mente, ou a saudade, ou a vontade, sei lá...pregam-nos partidas, hás-de acordar muitas vezes a pensar que foi um pesadelo. O tempo ajuda, acredita.

Beijos/ A Mãe

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...