Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

sábado, junho 14

Vamos lá ver, o 1º de muitos

Então que é fim-de-semana.
Vamos lá ver como correm estes dois dias.

O primeiro de muitos que se avizinham, mais vazios e tristes.
O namorado tenta distrair-me e diz que ir ao ginásio vai fazer bem. Vamos lá ver.

Não venho dormir em casa e sei lá, espero mesmo que me faça bem.
Não digo que venha mais animada, mas pelo menos mais calma.

Ontem foi o 1º dia sem a minha avó. Sem nada que a envolva directamente.
Estivemos em casa dela, agora tenta-se intitular a casa como "a casa do avô" mas ainda nos enganamos e saí um "a casa da avó"....
Não dá como não ir lá, pois a casa é mesmo ao lado da nossa e passamos a vida a ir lá ver do nosso avô.
Mas até nem me custa lá estar.
Pensei que fosse mais doloroso.
Ando triste claro, mas estar lá, não sei explicar... É como se nada se tivesse passado.

E é assim...
O coração tem que aguentar agora e tem que aguentar quando vierem as saudades.

Mas há uma coisa que me vai ser dada, que mais que isso não podia pedir.
Mais pessoal, mais dela, mais perto dela, não poderia pedir.
Sei que ela prometeu dá-lo a mim e a minha mãe há-de mo dar.
Não vai andar comigo pois não o quero perder. Vou guardá-lo e vai ser a lembrança mais forte.

Estou a falar de um fio, que a minha falecida avó usava todos os dias. Já tem muitos anos e tem um valor sentimental enorme.

Quando o tiver comigo, mostrar-vos-ei.

Vocês, façam o favor de aproveitar bem o fim-de-semana.




3 comentários:

PINTA ROXA disse...

Isso mesmo, força rapariga...
Beijinhos

Timtim Tim disse...

Tenta tu também aproveitar o fim de semana. Pensa que a tua avó está num lugar mais tranquilo e com paz.

ádescávir disse...

A casa será sempre a "casa da avó" :P Ires até lá até te pode fazer bem, se te sentes lá bem :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...