Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

quarta-feira, agosto 6

Das mudanças

Tenho muito para contar, é certo, mas vamos devagar, porque o tempo tem sido escasso =S

Ora que desde que a minha avó faleceu, que como é óbvio, passamos mais tempo com o meu avô.
Ele almoça e janta connosco.

Bem o tentamos tirar mais vezes lá de casa, pois afinal, deve-se lembrar da minha avó mais quando está lá... Mas é difícil!

Mas, sempre que vem jantar, depois do jantar, insisto para que ele fiquei aqui em casa um bocado.
É verdade que vivemos lado a lado, mas é aqui na minha casa que tenho tudo e costumo até aproveitar o facto de ele estar cá e querer falar, para andar de bicicleta.

E não é essa a mudança, o andar de bicicleta. É mesmo o facto de ele ficar cá a fazer companhia, a ver tv e.... a contar as suas histórias.

Desde que a minha avó faleceu, que ele parece ter ainda mais necessidade de contar as suas vivências, as suas histórias de vida, as suas experiências.
E eu vou puxando por ele.

Ele sempre gostou de contar as histórias dele, e admito que até nem tínhamos muita cabeça, mas agora que começo a pensar nas coisas, deixo-o falar e falar.
Já contou tanta coisa e muitas delas até parecem mentira.

Eu e a minha mãe somos as únicas, para não dizer que eu sou a única que o tenta distrair e fazê-lo contar as histórias da sua vida.
O meu irmão não o quer ouvir contar nada disto e a mana está no pc e mal lhe liga.
E eu fico chateada com isto!
Porque sei que ele não vai durar muito mais, infelizmente, mas mesmo assim, ninguém lhe dá atenção.

Mas eu ando a fazer com que ele se sinta útil (que já me veio dizer que não é útil para ninguem =( ) e que sinta que realmente temos interesse nas coisas que conta.

Se já o devia fazer antes? Devia.
Se lhe devia dar mais atenção antes, tanto a ele como à minha avó (apesar de nos vermos todos dias) ? Sim, devia.

Mas eu já admiti que a morte da minha avó me afectou e muito e eu mudei bastante.
Foi a primeira morte na minha família assim directa e que marcou mesmo.
Posso não ser a melhor companhia ou a mais faladora ou risonha, mas ando a fazer de tudo para que ele se sinta amado e feliz...


9 comentários:

Tal mãe, tal filha disse...

E acho que fazes muito bem, nunca é tarde e vais ver que te vais sentir bem e recompensada, porque amor e carinho geram coisas boas na nossa vida ;-)

Beijos/ A Mãe

conteudovazio disse...

olá minha querida!

Acho que fazes muito bem! Mesmo que isso só tenha acontecido após uma altura tão trágica para ti e para a familia, nunca é tarde para reconhecer-mos e fazer-mos o nosso melhor!

Aposto que o teu avô agradece o teu par de ouvidos!

Beijinhos e muita força miúda gira!

conteudovazio disse...

olá minha querida!

Acho que fazes muito bem! Mesmo que isso só tenha acontecido após uma altura tão trágica para ti e para a familia, nunca é tarde para reconhecer-mos e fazer-mos o nosso melhor!

Aposto que o teu avô agradece o teu par de ouvidos!

Beijinhos e muita força miúda gira!

Coisas que Faço disse...

Diz o ditado que quem dá o que tem, a mais não é obrigado... Quer-me parecer que estás a fazer um óptimo trabalho com o teu avô, dando-lhe carinho, atenção, amor, companhia, mesmo que por vezes estejas mais cansada, mais desanimada ou com menos paciência!

Um beijinho e parabéns pelo teu enorme coração :)
http://coisasquefaco2014.blogspot.com/

Anónimo disse...

Olá querida!

Ainda bem que o fazes!
Não interessa se é só agora, depois de um momento tão traumático para vós. O que interessa é que HOJE estás lá para ele e ele de certo agradece o par de ouvidos!

Beijinhos querida, continua e muita força! ********

(Ass. Aislin - não sei porque estou a meia hora a tentar pôr um comentário mas isto dá sempre erro!!! a ver se como anónimo funciona... tss tss)

Isy disse...

O meu avô não, mas ele nesse aspecto sempre foi uma pessoa fria. de qualquer ele também prefere ir para a casa dele, onde estava com a minha falecida avó, porque é lá que se diz sentir bem e ter as suas recordações...

bjxxx

conteudovazio disse...

LOL!
Desculpa! Mas isto não parava de dar erro!! =P

Já agendei uns quantos posts! =)

Beijinhos

Pérola disse...

O mundo seria um local bem melhor se todos pensassem como tu.

Ele precisa de carinho, atenção, de ouvidos e de fazer coisas novas.
Desafia-o para uns passeio, pesca ou outras coisas que ele goste.
Que se vá encontrar com amigos, dançar?

Beijinhos

És uma menina muito doce, um tesouro.


ádescávir disse...

As mudanças não são necessariamente boas nem más, são mudanças. Acho que fazes bem em prestar-lhe essa atenção :) Os manos é que também deviam ajudar :/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...