Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

sexta-feira, fevereiro 6

E é isto

Como disse, estar estes 3 dias em casa, apesar de doente, soube bem.
Aproveitei para descansar, estudar, arrumar coisas, procurar trabalho e afins.

Mas também aproveitei para pensar... Sim, eu tenho destas coisas de vez em quando =P

Ora que apesar de o estágio estar a ser um autêntico inferno das duas, três conclusões:

- É óbvio que não vou sair de lá sem ter outra coisa, pois o dinheiro dá jeito e faz falta e e e....
- É óbvio que também não vou deixar andar e chegar ao fim e lixar-me e ficar sem nada de novo...
- É óbvio que apesar de correr mal, estar em casa de novo, fechada todos os dias, não faz mesmo parte dos meus planos..

Chegou 3 dias para ter noção disso.

Ora que não tenho nada para fazer, apesar de inicialmente até ter montes de coisas para fazer;
Ora que estou sempre fechada no quarto ao pc;
Ora que não faço nada de útil, o dinheiro gastava-se à mesma e eu acabaria por definhar...

É certo, quero mesmo sair de lá, mas realmente não é para ficar desempregada. É sair para ir para outro local.
Não está fácil senhores, não está mesmo.

E sinto os nervos não só porque realmente QUERO sair de lá, mas porque o tempo passa e não tarda pisco os olhos e já se passaram os restantes 5 meses e meio e eu estou de novo tesa e na rua.. =S


8 comentários:

sara Rodrigues disse...

Olá.
Isto de empregos está muito difícil e com filho então! !
Não posso fazer horária rotativos.
Nestes 3 anos apenas consigo trabalho como empregada de andares...faço os 6 meses e mandam embora.este ano nem tive direito a centro de emprego nem ao rendimento mínimo.
Portugal está assim.

sara Rodrigues disse...

Olá.
Isto de empregos está muito difícil e com filho então! !
Não posso fazer horária rotativos.
Nestes 3 anos apenas consigo trabalho como empregada de andares...faço os 6 meses e mandam embora.este ano nem tive direito a centro de emprego nem ao rendimento mínimo.
Portugal está assim.

Te disse...

Ainda tens tempo e vais ver que vai aparecer alguma coisa. Estou a torcer por isso.

conteudovazio disse...

Tem calma miuda gira!
Espero que estejas melhor e o estágio vai acabar por te trazer alguma surpresa boa!
Respira e pensa positivo!

Beijinhos querida*

conteudovazio disse...

Tem calma miuda gira!
Espero que estejas melhor e o estágio vai acabar por te trazer alguma surpresa boa!
Respira e pensa positivo!

Beijinhos querida*

Marisa Reis disse...

Eu estive apenas dois meses e já estava a stressar, como te disse este emprego não é nada do que eu estava a pensar mas até tem sido bom, a parte chata é mesmo a viagem, mas de resto os patrões são impecáveis, colegas.... não tenho...o ordenado é baixo mas sempre é melhor que nada, enfim... é uma janelinha que se abriu mas se encontrar mais próximo de casa claro que mudo, por enquanto fico aqui, pelo menos 6 meses...

estrela disse...

Claudia, eu também não estou famosa no meu trabalho, mas entre ficar outra vez em casa e estar lá, escolho estar lá! Ninguém fala comigo mas não faz mal, eu coloco os meus fones e pronto!
Força nisso não desistas!

Avelã disse...

Claro, sabe sempre bem (a menos que se esteja com uma daquelas doenças de dores e desconforto mesmo em repouso, que isso é horrível).
Quando se tem mais tempo livre dá mais para pensar, demasiado acaba por ser deprimente. Felizmente quando intercalado com ocupação uma pessoa suga o tempo com uma voracidade tal que nem dá para pensar em nada, só por ter saudades e fome de nada para fazer (teoricamente, porque há sempre imensa coisa adiada em prol de outras).
Uau, uma conclusão por cada dia. A esse ritmo vais longe ;)
Acaba por ser chto estar amarrado a uma coisa por mera necesssidade imperativa, sem alternativas. Mesmo assim, se escolhes continuar é porque é melhor do que nada... Porque podias não ter nada, ao menos assim tens as duas opções. E depois há aquele lema encorajador: «não é assim tããão mau...»
Qualquer dia encontras alternativa. Entretanto força! Pensa positivo (difícil, eu sei)... A perspectiva pode não ser animadora, mas em 5 meses acontece muita coisa. Boa, muita coisa boa. De preferência. ;) Aproveita o que tens agora... Depois pode ser que tenhas mais. Melhor. :) Não há nada que possas fazer (por muito que isso possa não ser consolador)...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...