Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

quarta-feira, fevereiro 25

Quando eu for velhinha...

Hoje pus-me a pensar nisto.

Já que a vida passa sempre a voar, não tarda estou com 70 anos =P lol

Eu sei que só cortam nas pensões e tudo mais e muitos vivem para lá de mal, mas vamos acreditar que quando eu chegar a velhota, tenha dinheiro pelo menos curtir a velhice como eu disse.



Como?

Ora:

- Acordar tarde! Sim, ia aproveitar para dormir! Qual é a ideia de acordarem às 7h da manhã? lol;

- Ia passear, mesmo a pé, nem que fosse ali até à esquina (se eu vivo no mesmo lugar à quase 27 anos [que excitação, estou quase a fazer anos lol ] e adoro ir aos mesmos sítios ver a vista e não me canso dela, penso que quando for velhinha poderei continuar a fazer o mesmo;

- Passava a vida a fazer bolinhos e a minha casa ia ser recordada como a casa daquelas avós onde cheira sempre mas SEMPRE a bolinhos lol;

- Lia todos os livros e mais alguns, em vez de passar a tarde toda a ver programas deprimentes dos canais nacionais [sei que é a grande companhia para muitos, infelizmente]

- Se este blog não durasse até lá, criava um novo, nem que fosse para contar as histórias da vida.

- Juntava-me aquelas coisas gratuitas que as Juntas de Freguesia fazem e lá ia eu...

Não tenho assim ideia do que possa fazer mais, já que me disseram que viajar, é agora em nova lol
Mas a sério, acho que é a altura ideal para descansarmos, fazermos o que gostamos, fazer o que nunca fizemos.... Não ter preocupações, não ter horários.

Vá, era só uma ideia...


7 comentários:

Marisa Reis disse...

Como eu concordo contigo, especialmente na parte do cheiro a bolinhos :)

Inês Direito disse...

ahahah Parecem-me excelentes planos!
beijinhos
http://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

P de patrícia disse...

Ui... espero que na idade da reforma tenha é saúde para continuar a trabalhar noutras áreas xD que isto vai ser muito complicado "curtir" a velhice com muito €

estrela disse...

eu também quero fazer essas coisas todinhas!!!!!

ádescávir disse...

Sabes que para seres a Avó dos Bolos, tens que ter netos e para isso tens que ter filhos, não sabes? :P
Epá.. sou só eu que não me imagino em velha? Não consigo, não sei. Eu nem sei o que ando cá a fazer agora, quanto mais daqui a 60 anos, ahahaha :D

Avelã disse...

É assustador :P uma pessoa destaca-se sempre da velhice, como se fosse demasiado nova para essas coisas... Ainda ontem estava a falar sobre uma senhora da minha família que vai fazer 85 anos e andava tristonha, a chorar. É avassalador, não é? Pensar na situação, na vida, no que já foi... E pensar que todos na melhor hipótese havemos de chegar lá, mais tarde ou mais cedo, ao ponto de ter 80 anos e pensar «e agora?»
Mas desculpa, nem é esse o assunto do post :)
Pois, a situação de muitos idosos está complicada :/
A minha avó (materna) acorda cedo na maioria dos dias. O meu avô (paterno) também, mas tipo às 6h haha :P a primeira para fazer coisas da casa e tal, o meu avô para fazer jardinagem (esta é a história de como eu tenho salsa no jardiiim :D haha :P não fiques com inveja...). Eu até acho que é bom, ajuda a manter a actividade... O meu avô tem 80 e tal anos e ainda consegue andar a plantar e manter um monte de coisas, o que não é nada mau :)
Eu também não me canso muito dos sítios. Pronto, às vezes enjoo um bocado. Mas depende do grau de adoração pelo local :) acho que ir passear é uma boa ideia, eu investia já num andarilho.
(Desculpa, mas eu adoro a palavra «andarilho» e não é todos os dias que o contexto proporciona o seu uso.)
A dos bolos também é uma óptima ideia :) eu não conheço nenhuma casa que cheire sempre a bolinhos :(
Acho que a atração por programas de canal nacional aumenta exponencialmente com a idade. Mas ler também é bom. Tenta não ler um livro do António Feio, os teus netos não vão achar piada aos seguintes meses cheios de clichés.
O quê? Eu estou à espera de ler este blog daqui a 43 anos :P
(Ahhh tanto tempo :P é estranho pensar se e por que razão se vai acabar o blog... Nunca vi nenhum com 50 anos, pelo menos...)
Podes viajar «em velha», parece divertido ;)
Eu percebo, mas sinceramente prefiro não adiar as coisas para quando estiver reformada. Para além de ser um bocado tarde as coisas não são bem assim... Acabamos sempre por valorizar o futuro e achar que vai ser melhor, mas nem sempre é. Com problemas de saúde, mobilidade limitada e etc. não é assim tão fácil «divertires-te»...

conteudovazio disse...

olha, nem sei o que gostaria de fazer quando fosse velha.. o que queria era mesmo curtir tanto na altura como gostaria de estar a curtir agora...
Esta coisa de apenas sobreviver não dá com nada...

beijinhos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...