Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

quinta-feira, março 22

Infelicidade ou não saber dar valor?

Lembram-se que esta coisa de registar na agenda tudo o que se passou no mês e registar depois aqui, foi uma tentativa (que continua e acabo por gostar de o fazer) de eu achar "felicidade nas pequenas coisas".
Pois eu achava sempre que na minha vida nada acontecia, então decidi começar a registar estas pequenas coisas para que visse que tinha muito por onde agradecer e ficar feliz.

Passava a vida a desejar que chegassem as férias, que chegasse o fim-de-semana, que chegasse este ou aquele acontecimento... para se ser feliz.

E passamos a vida a adiar a nossa felicidade.

Porque só à Sexta é que sou feliz, só nas férias é que sou feliz, etc.



O que é certo, é que parece que continua a não ser suficiente.
Continuo a desejar que cheguem as 17h por um motivo e passo o dia todo nervosa com isso, continuo a desejar o fim-de-semana por outros motivos, mas nervosa à mesma e sentindo falta das 17h dos dias úteis, e basicamente acho que é mesmo porque não me sinto feliz.

Ou não sei mesmo dar valor ao que tenho.

As coisas acabam por ir acontecendo, mas eu desejo logo que mais outra coisa aconteça.
2017 foi o ano em que tanta coisa aconteceu, o próprio 2016 trouxe uma porrada de mudanças, mas cá estou eu, com o mesmo sentimento de que nada se passa.

Eu própria passei por mudanças e sou sincera, já me cansa esta coisa de achar que nunca é suficiente. Mas não consigo controlar.

Sinto depois tanta ansiedade para que as coisas aconteçam que elas depois acontecem e puff... Parece que nada faço ou passou e pronto, passou, já está mas não fiquei totalmente realizada.

Será que me faço entender?

Oh mulher complicada.


6 comentários:

m-M disse...

Sinto muito isso.
Acho que sou assim de mim...

Mas tenho feito um esforço, desde o ano passado, para celebrar o bom e o diferente que vai acontecendo, para não me esquecer e criar memórias mais positivas :)

Ana disse...

Quando chegamos a essa altura, precisas de uma mudança drástica na vida, para melhor... que tal um bebé?! ahahah..
Beijinhos,
http://chicana.blogs.sapo.pt/

Inês Direito disse...

É normal quando atingimos uma meta querermos alcançar outra. Faz parte!
Acho que tens é de aprender a gerir a ansiedade pois como bem dizes as coisas acabam por acontecer :)
beijinhos
https://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

Alexandra Soares disse...

Diria que maioria das pessoas é assim, nem que seja só um bocadinho. Há que sermos equilibrados e encontrar o balanço perfeito onde sim, estamos desejosos daquelas férias ou que sejam horas de sairmos do trabalho, mas também aproveitamos os momentos que vamos tendo ao longo do dia, da vida e sejamos um bocadinho mais felizes todos os dias.

o ultimo fecha a porta disse...

Depende do impacto que tem na tua vida.

Cynthia disse...

Talvez essa ansiedade seja tanta que não te permite desfrutar convenientemente das coisas que alcanças e que se passam na tua vida.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...