Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

quinta-feira, setembro 27

A sério que imagino..

A minha pessoa a fazer o ponto de embraiagem nesta rua!



Era verem-me a vir parar cá a baixo num instantinho =P

Quem diz nesta rua, diz numa outra qualquer, assim com uma inclinação mais pronunciada.

Eu já tenho 4 anos e 8 meses de carta e infelizmente, por nunca me terem dado um carro nem nunca ter tido a oportunidade de comprar nenhum, não sei conduzir.

Aliás, eu pego em qualquer carro e conduzo em todos os sítios, mas só e só se, tiver mesmo que ser!
Se calhar não é não saber conduzir mas sim, não ter experiência nenhuma.
Normalmente o único carro que conduzo é o do namorado e como é novo, tenho algum medo de o estragar e vou sempre adiando.. Mas ele insiste tantooo!

Claro que não me esqueci de como se conduz, mas a prática não é muita. Não ando rápido e sou capaz de ter alguns reacções mais lentas, mas creio que com a prática vá lá =)

Nos últimos fins-de-semana, o namorado diz para eu trazer o carro à noite e sinceramente, é a melhor altura para eu conduzir... Menos carros, menos trânsito, menos confusão e estou mais à vontade para fazer a minha condução sem pensar nos outros!
E até conduzo bem e calminha... E ele até me proíbe de passar dos 100km/h lol

Sim, eu tenho um grande defeito quando conduzo, penso muito nos outros e se estou a atrapalhar os outros e se já estou a fazer trânsito... Não regulo bem eu sei!

Outro problema é que nunca conduzi mais que sei lá, 30km seguidos e nunca conduzi sozinha por isso, quando essa altura chegar, não sei bem o que fazer....

Meninas e meninos, condutores em geral, quais os vossos conselhos?
Alguém que tenha passado pela mesma situação que aqui a je?

12 comentários:

Natacha disse...

Cláudia, o que te digo é: enfrenta "os bois" de frente! Eu só comecei a conduzir como deve ser a partir do dia em que pus toda a gente do carro para fora e me fiz à estrada sozinha; cheia de medo, é certo, mas teve de ser... Ora bolas, ninguém se calava e eu só me enervava! A sério, um belo dia parei o carro, abri a porta do lado do passageiro e pus o meu marido (na altura ainda namorado) do carro para fora... E ele ficou a ver-me ir embora :). Passados uns dias foi a vez do meu pai; e não fiz o mesmo à minha avó por respeito pela idade dela, mas pedi-lhe por tudo para se calar, senão eu nunca mais a levava a lado nenhum.
Foi o melhor que eu podia ter feito, nunca mais ninguém se atreveu a abrir a boca, até hoje só tive um acidente e foi porque o ABS do carro resolveu avariar.

Bjinhos!!

ádescávir disse...

Nah :P Quando tirar a carta digo-te :P

Xs disse...

Conduzir é literalmente pensar nos outros!
Temos que pensar na nossa condução e na nos outros também!
Estar sempre a olhar para os outros, e adivinhar o que poderão fazer. Porque há cada vez mais chicos espertos, por isso temos que estar sempre de olho neles.
Eu adooooooro conduzir!
Não sei é como é que ainda não me fartei do trânsito todos os dias!
Então hoje, com a greve do Metro!
Até assustava!

Xs disse...

Quanto a conselhos.... é um dia, quando comprares um carro e tiveres que conduzir todos os dias, vais aprender!
Não há nada melhor que a prática.
Até lá... vai conduzindo nos carros dos outros!
O resto vem por si.

Pérola disse...

Praticamente ninguém sabe conduzir ao tirar a carta.
Só se aprende ... com a prática...conduzindo.

Eu demorei uns meses até me sentir à vontade e foi sózinha. Com namorados, maridos, pais não dá e não aconselho.

Mas, não ganhes traumas, vai com calma e conduz em todas as oportunidades que te sejam possiveis.
Quanto ao ponto de embraiagem nesa rua ou noutra qualquer nada que com a ajuda do travão de mão não se faça.
Experimenta.
Tu consegues!

beijinho

Quel* disse...

Eu quando um dia puder comprar um carro meu, que não faça o ponto de embraiagem sozinho como o do meu pai, não sei como vai ser. É que habituei-me assim e depois vai ser complicado mudar.

Pretty in Pink disse...

Eu quando tirei a carta achei que não ia conseguir conduzir sozinha e desisti de conduzir por quase dois anos. Claro que depois percebi que se conduzisse era bem mais facil para a minha vidinha e por isso convenci o namorado a re-ensinar-me..agora conduzo e só passado uns 2 anos é que começo a fazer certas coisas e há outras que não faço =P Não passo por uma rua especialmente inclinada com medo de não conseguir fazer o ponto de embraiagem, não estaciono de lado, e muito menos em ruas a descer =P=P Mas é a tal coisa...acho que a pratica é fundamental, se deixarmos de lado nunca mais conduzimos!!

Beijinho*

PINTA ROXA disse...

Tens de treinar mais, mais km seguidos, na cidade tambem se perdem medos sabes!.. vá toca a agarrar no volante
Sabes um dos meus sonhos era conduzir um semi-reboque..
Adoro conduzir e gosto muito, sabes que até já andei no autodromo do Estoril, ah pois é devo ser das poucas mulheres a por as mãos num volante ali, só tenho pena de não ter fotos do acontecimento..

PINTA ROXA disse...

Tens de treinar mais, mais km seguidos, na cidade tambem se perdem medos sabes!.. vá toca a agarrar no volante
Sabes um dos meus sonhos era conduzir um semi-reboque..
Adoro conduzir e gosto muito, sabes que até já andei no autodromo do Estoril, ah pois é devo ser das poucas mulheres a por as mãos num volante ali, só tenho pena de não ter fotos do acontecimento..

PINTA ROXA disse...

Tens de treinar mais, mais km seguidos, na cidade tambem se perdem medos sabes!.. vá toca a agarrar no volante
Sabes um dos meus sonhos era conduzir um semi-reboque..
Adoro conduzir e gosto muito, sabes que até já andei no autodromo do Estoril, ah pois é devo ser das poucas mulheres a por as mãos num volante ali, só tenho pena de não ter fotos do acontecimento..

PINTA ROXA disse...

Tens de treinar mais, mais km seguidos, na cidade tambem se perdem medos sabes!.. vá toca a agarrar no volante
Sabes um dos meus sonhos era conduzir um semi-reboque..
Adoro conduzir e gosto muito, sabes que até já andei no autodromo do Estoril, ah pois é devo ser das poucas mulheres a por as mãos num volante ali, só tenho pena de não ter fotos do acontecimento..

Sini disse...

Olha, mal tirei a carta o pai deu-me um carrito para ir para a faculdade (sim, graças a Deus tive essa sorte!) 30km para lá mais 30 para casa! No início foi complicado mas como tinha que ser que remédio! Actualmente faço mais de 120km por dia para ir/vir do trabalho, dispensava mas tem que ser! Quando estou com o meu marido é sempre ele que conduz porque ando sempre saturada de o fazer!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...