Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

quarta-feira, outubro 28

Ai a puta da vida

Que de bela não tem nada!

Eu juro-vos, uma coisa boa acontece vá, e vêm 50 para desgraçar tudo.

Não tenho andado nada bem. Nem os comprimidos me andam a ajudar.
Nem o namorado. Nem os amigos. Ninguém.

Ora basicamente a minha irmã, de 18 anos, decidiu desistir da faculdade e dos sonhos dela, para ir para o Porto! Isto até nem tinha nada de mal, não fosse o facto de ter desistido da faculdade, de ter ido viver com o namorado e a mãe dele e ninguém cá em casa saber a não ser eu.

Decidiu inscrever-se em trabalhos nas costas do pessoal todo e do nada, "ah, fui seleccionada". E ninguém sabia! Toda a gente pensava mesmo que ela se estava a inscrever cá em Lisboa.

Namoram a pouco tempo e claro, o amor nestas idades e tão frescos, são sempre eternos.
Eu só quero ver quando ela bater com a cabeça.

Por um lado, desejo que corra tudo bem, por outro, que corra +/- mal, para ela ver que a vida realmente não são rosas.

Arranjou trabalho lá, vai ser o 1º trabalho e vai estar longe da família dela.
São muitas mudanças mas assim é que ela está feliz. É vê-la cantar e dançar e rir.

Enquanto não sabia que ia para lá, era só choros, todos os dias, o dia todo.
E que a família dela era uma merda basicamente. Agora como está lá. somos os maiores de novo. Que apoiamos a menina.

Sentimo-nos todos magoados. Foi repentino, é muito criança em bastantes coisas e lá está, poderia ter saído de casa, mas ter-se mantido ao pé de nós.
Mas não. Quer provar a alguém, provavelmente a ela própria, que é adulta e se desenrasca bem sem nós.

A querida há-de dar valor à família, espero é que não seja tarde demais.



No meio disto tudo, e ela foi ontem, Terça 27, no mesmo dia, soube que a minha mãe na Segunda 2, vai ser operada a uma hérnia que tem no umbigo. E eu tenho medo.
É que pode mesmo correr mal. E eu tenho medo. E vou estar sozinha!

Sozinha em casa a ter que tomar conta de mim, que não está fácil, do meu avô e tratar de tudo.
Sério, esperam-se dias interessantes.

Claro, nos entretantos, voltei a tomar 2 comprimidos por dia mas de nada resolvem.
Será que se tomar a caixa inteira os meus problemas acabam de vez?


8 comentários:

♥Cat disse...

Oh Cláudia... realmente as coisas não estão fáceis. Relativamente à tua irmã, não vale a pena sofreres por antecipação. Ela tomou uma decisão que pode correr bem ou mal. Seja como for, vai aprender... Quanto à cirurgia da tua mãe, tem calma que as coisas hão-de correr bem!
Não desesperes...
Força! Boa sorte!

Hélder Oliveira disse...

Ola Cláudia. Percebo muito bem aquilo que estás a sentir. A minha irmã também saiu de casa cedo por causa de trabalho e foi viver precisamente em casa do namorado e... a coisa não correu lá muito bem. Acabou mesmo por voltar para casa. A única diferença é que ela estava apenas a 11km de distância. O teu caso é bem diferente. Mas olha que as circunstâncias vão dar ao mesmo.
Não estejas preocupada que elas tem que aprender com os seus próprios erros e daqui a mais ou menos 1 ano ela estará de volta com toda a certeza. Foi apenas um impulso de imaturidade que tantas vezes acontece com os jovens.
Quanto à saúde da tua mãe, espero que corra tudo bem. E não estás sozinha, estamos todos aqui contigo para te dar apoio e força :)
Beijinhos**

www.pensamentoseepalavras.blogspot.pt

azzrael13 disse...

miuda!

Uou!!!

Então? A tua irmã foi mesmo?? :O opah! Nem acredito! Temos mesmo que falar!!

Beijinhos

Miguel Pereira disse...

São coisas da idade, vais ver que ela vai aprender muita coisa com esta decisão e vai fazê-la crescer muito!

http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

Karina sem acento disse...

Forca Claudia, vais ver que as coisas hao-de correr bem. Isto sao fases, esta pode nao ser muito boa nem facil mas melhores dias virao. Pensamento positivo!

Inês Direito disse...

Pois a atitude da tua irmã não foi a melhor...Esconder uma decisão dessas de toda a gente... Espero que as coisas lhe corram bem mas mesmo que não corram ela vai sempre a tempo de mudar. Tenho a certeza de que a operação da tua mãe correrá lindamente! Muita força querida!
beijinhos
http://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

jair machado rodrigues disse...

Acreditop que não Cláudia, se bem que tomo remedinhos e acontecem situações que nos parecem que fugir ao controle, então até penso isso, mas só penso e logo passa...acredito que se estamos a carregar um peso demasiado pessado para nós fraquejamos, mas aí está o momento da grande virada, veja bem, apesar de tudo,da tua preocupação com a caçula (ela vai ter o que é dela, só espero que o preço não seja alto), tu me pareces o ser mais impoirtante neste momento para tua mãe, tua família, então penso aquela máxima, Deus nos dá o peso que sabe que podesmo carregar...Querida Claudia, perdão se fui chatinho, mas digo isso para mim, porque senão já tinha tomado um envelope inteiro dos remedinhos que preciso e tomo. Fica em paz.
ps. Carinho respeito e abraço.

Opinante disse...

Primeiro, calma.

Se bater com a cabeça, faz parte.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...