Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

sexta-feira, agosto 21

E agora? =\

Eu já há uma ou duas semanas, não me lembro, fui tratar do subsídio de desemprego.
Ficou finalmente tudo tratado.

Ainda não recebi nada mas só sei que exigem mesmo assim mundos e fundos, quando na realidade, se deveriam preocupar com quem efectivamente não faz nenhum e ganha aos 700€... Mas nem vou entrar em pormenores.

Como estava no sítio certo, lembrei-me de tirar umas dúvidas que tinha.

Pois que, ainda não sabem sequer se tenho direito ao subsídio de desemprego.
Não sabem valores, a Segurança Social é que ainda vai ver isso.

E já agora, sabe-me dizer se posso fazer mais um estágio? É que agora é moda!
Ah não, não pode.

Ok.... Medo!

O trabalho que inicia em Setembro, supostamente era para começar por um estágio.
A Srª disse que mesmo que não desse para fazer, que o lugar era meu, entrava a contrato embora a receber menos.

Mas falar é sempre bonito.
Agora resta-me esperar e ver no que isto dá.

Já agora, não posso fazer estágio pois já fiz um, com este grau académico já concluído. Licenciatura.
Para fazer um novo estágio, só indo tirar um mestrado =|


7 comentários:

Leonor disse...

Não percebi.. Se a Sr.ª te disse que o lugar é teu, independentemente disso, qual é o problema?

Maria Mac Taus disse...

Se por um lado acho que os estágios profissionais são óptimos para ganhar experiência e traquejo e são mais valias no C.V., por outro lado acho que não passam de um excelente esquema entre empresas e IEFP. Para uns conseguem funcionários a custo zero ( e a percentagem de ficarem com os funcionários pós estagio com remunerações adequadas é vergonhosa) para outros são formas de baixar os índices de desempregados.

Anónimo disse...

A mim pareces-me uma priveligiada. "Deram-te"uma licenciatura através de um estágio remunerado de alguns meses? WTF? Eu tive de queimar pestanas durante 5 anos pela minha. Menos tempo para a pósgraduação mas em compensação, do bolso saiu uma fortuna. E foi toda ganha por mim, parte das economias. Já que não existem entidades dispostas a me dar estágios. I IEFP então é uma anedota. Já tentei, já acreditei, nunca que algo aconteceu do IEFP a não ser deixar de estar inscrista por me notificarem em cima da hora de uma reunião à qual não podia ir e depois esqueci. Em vez de uma pessoa produtiva fui vegetal nas "mãos" do IEFP. Não estar a receber algum subsídio deve ter sido a razão. Nao lhes interessava empregar/manter ocupada alguém que não custa dinheiro ao Estado, embora tivesse trabalhado sem parar nos últimos anos a recibos verdes seguidos de empregos com contratos de poucos meses e... rua, não és mais necessária. Deve existir outro IEPF em estágio para ocupar o lugar.

Inês Direito disse...

Pois estágios profissionais pelo centro de emprego só se pode fazer um... E se não tiveres 24 meses de descontos nãos tens direito ao subsidio de desemprego... :/
beijinhos
http://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

Ember Blue disse...

Boa sorte com tudo! Força!

Marisa Reis disse...

Boa sorte, vais ver que tudo se resolve.

ádescávir disse...

Vamos lá ver o que vai acontecer. Espero que seja desta que as coisas te correm bem, já é tempo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...