Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

quarta-feira, julho 2

...

Na Segunda que passou, fui à igreja.

Se queria ter ido antes? Queria!
Mas com tanta coisa para tratar e com a enorme tristeza em que andávamos/andamos, a missa de 7º dia, em memória da minha avó não foi realizada.

Na Segunda como sabíamos que iam fazer uma missa em memória de todas as pessoas que faleceram no mês de Junho, fomos lá.

Estava à espera de sentir paz e calma, mas foi precisamente o contrário que senti.
Estava nervosa, só me apetecia chorar e a coisa estava complicada.
Sou católica não praticante mas senti necessidade de ir à missa.
Fiquei triste por não ter havido a missa de 7º dia, mas a esta tínhamos que ir mesmo.

No meio da missa lá ouvimos o nome da minha avó e as lágrimas vieram.
Tentei acalmar-me e depois senti uma grande revolta.
Porquê?
Ora porque numa das leituras que o padre fez, fez questão de dizer para não duvidarmos da presença de Deus nas nossas vidas, que ele está sempre presente mas sinceramente, neste momento, parece que tenho tudo na minha vida, menos Deus ou a tal força superior que possa existir.

Sinto-me nada ouvida e para lá lá de abandonada... Pois realmente não tenho notícias positivas sobre nada nem nada corre como planeado. Mas se calhar sou só eu e a minha mania de ser negativa, em vez de agradecer tudo de bom que tenho...




5 comentários:

ádescávir disse...

Peço desculpa minha querida mas desta vez não me vou pronunciar.

Mira disse...

É isso querida Claudia, dar valor
ás coisas que temos, por exemplo
a vida, é uma dádiva de DEUS,
melhores dias virão, corajem...
beijo grande

estrela disse...

eu sinto sempre uma paz quando entro numa igreja não sei se é pelo silêncio mas há uma paz...
quanto à dor, só o tempo pode ajudar nestas coisas não há muito mais a fazer...
o resto da vida eu tento pensar que tudo tem um propósito por isso se estou a passar por estar desempregada agora é porque ainda vai aparecer alguma coisa que eu só saberia dar valor depois de ter passado por isto...
tenho que me agarrar a alguma coisa para não enlouquecer e é isto...
bj grande e um abracinho apertado!

Marisa Reis disse...

Todos nós temos dias assim em que sentimos que Deus nos abandonou, mas se pararmos um pouco para pensar vemos que há tanta gente em situações muito piores que nós. Bj e coragem.

A Loira disse...

Nestes momentos colocamos tudo em causa.

Um beijinho.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...